Clube dos Herdeiros - Fabiana Madruga



Autora: Fabiana Madruga

ISBN: 978-85-8243-079-8
Páginas: 144


SINOPSE: Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas... mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira...

Se você está lendo este blog neste momento, realmente é seu dia de sorte.

Bem vindo a Alta Sociedade do Rio de Janeiro!!!!!

Confesso que nunca tinha lido nenhum livro da editora Draco porém comecei bem. Clube dos Herdeiros é para aqueles que não dispensam tramas repletas de confusões, fofocas, amores vividos, perdidos e trocados, OMG é um Gossip Girl Brasuca!

A história se passa no Rio de Janeiro (cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, cidade maravilhosa, coração do meu Brasil) e gira em torno de cinco personagens Manuela, Helena, Pietra, Guilherme e Pedro.

Apesar de os cincos serem os personagens principais, quem reina mesmo na história são Helena e Manuela, que diga-se de passagem são Blair e Serena versão Brasil.

Manu é rica, estudante de jornalismo, baladeira e melhor amiga de Helena. Vive com os avós, já que os pais residem fora do país, vive no centro dos holofotes e tem o homem que quiser e ela quer um em especial, Pedro, porém, só o viu de passagem em uma festinha não sabe nada da vida do rapaz, mas já o deseja.

Pedro Tijucano, estudante de economia que balançou o coração de Manuela é lindo, atlético, estudioso, bom moço. Perfeito né? Quase. Ele tem um defeitinho: é pobre. Um pobre recém chegado na Alta Sociedade Carioca, que vai contar com a ajuda de quem ele menos esperava, Helena.

Helena linda, rica estudante de Direito, namora Guilherme a 6 anos, irmã de Henrique, mora com a madrinha e o irmão já que sua mãe é uma namoradeira de carteirinha  e nunca tem tempo para os filhos. Ela é a melhor em tudo o que faz, é melhor amiga, arrasa nos looks, comunicativa, e tenta ser a melhor namorada para Guilherme. Falando em Guilherme...

Guilherme desejado por muitas, mas já tem dona. É o namorado de Helena. Eles namoram desde os 16 anos. De uma coisa a sociedade inteira do Rio de Janeiro pode ter certeza, ele ama Helena, mas isso não quer dizer que é santo, que come na mão dela. Lógico que ele da umas escapadas. Onde passa faz garotas delirarem, como Pietra.

Pietra, irmã It Girl de Manuela, tem estilo ousado, tinhosa e determinada, tenta conseguir tudo que quer e ela consegue. Aos olhos de Manuela,  Pietra é apenas uma caçulinha. Aos olhos do Rio de Janeiro, é a malandrinha.

Livros assim são difíceis de me conquistar, mas este me conquistou. Li em dois dias me controlando para não ler de uma vez.

A referência que faço com Gossip Girl não é uma critica negativa, muito pelo contrário é uma critica positiva, pois, é difícil ver narrativas brasileira neste estilo. A autora está de parabéns.

O enfoque principal são os altos e baixos destes jovens, tudo gira em torno de família, dinheiro, estudo, traição. 

Aqui o mundo não é só rico, pode ler tranquilo por que a chance de você se identificar com algum personagem é alta.

As vezes noto um certo preconceito dos brasileiros em relação aos livros brasileiros, gente isso é balela, ta na hora de abominar isso.

Convido a vocês então a darem para si mesmo a chance de adentrar neste universo Carioca, livro pequeno com 144 páginas de puro luxo e trama envolvente, vale a pena ler.

Bem vindo ao CLUBE DOS HERDEIROS.



BJS
Bianca Gonçalves 



O ar que ele respira - Brittainy C. Cherry








Livro: O ar que ele respira - Elementos # 1
Autora: Brittainy C. Cherry
ISBN: B01IND9TES
Ano: 2016 / Páginas: 308
Idioma: português 
Editora: Record


Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

- Todos na cidade tem medo de mim. Você tem medo de mim, Elizabeth? - murmurou ele, sua respiração tocando minha boca.                        - Não.                                                              - E por que não?                                              - Porque eu vejo você como você é." 
Desculpe o transtorno, preciso falar de O ar que ele respira.

Eu fico chocada com a quantidade de sentimentos que a Brittainy emprega em sua escrita. Eles são tão reais, que chegam a nos dar exaustão. A dor dos personagens desse livro chegam tão forte até nós, leitores, que parece ser palpável

Eis aqui um exemplo daquele tipo de romance cercado de superação, quebra de esteriótipos e redenção. A história de cada um dos personagens é bem sofrida, e quando eles se encontram, parece que é impossível se curarem, mas o amor está aí para isso, não é mesmo?

O beijo de Tristan era furioso e triste, agonizante e pesaroso, verdadeiro e bruto.                                               Exatamente como o meu...                                                   Por alguns segundos, eu me senti como antes.                     Inteira.                                                                                   Completa.                                                                               Parte de algo esplêndido.                                                     Tristan se afastou rapidamente, trazendo-me de volta a realidade, à minha existência.                                               Acabada.                                                                               Incompleta.                                                                           Sozinha o tempo todo."

É essa força que ronda o livro que encanta os leitores. Esses corações devastados que lutam para voltar a viver, mesmo que seus donos não queiram. Isso é o verdadeiro amor. 

O modo como a vida de Tristan e Elizabeth se entrelaçam, não é para qualquer um. Seria muito difícil encontrar alguém capaz de passar por cima do que eles enfrentam, mas que se foda, a gente que gosta de romance, gosta porque é tudo aquilo que não teríamos na realidade, não é mesmo?

A premissa da história é bem dividida. Uma narração mesclada entre os personagens principais, que trás alguns flashbacks para se entender melhor a história dos dois. Uma amiga meio maluquinha, e alguns segredos que são revelados, trazendo picos de ação para o enredo. Best seller na certa!



Agora, imagine quando fiquei quando terminei de ler o livro, e não me senti como a maior parte dos leitores que vi comentando sobre ele na internet?

Há tempos vejo críticas extremamente positivas sobre esse livro rolando nos blogs e instagrams e cumulando com o fato de que eu me derreti toda por Mr. Daniels, precisava urgentemente ler este livro, entretanto, sofro de um pequeno probleminha chamado expectativa, e fico muito arrasada quando ela não é alcançada, como nesse caso.


Li tantos comentários do tipo: Me arrancou lágrimas, tirou meu ar, etc, e no final, fiquei tipo: Cadê?Estava esperando chorar rios, ficar com o coração apertado, sofrer, mas não veio nada disso.

É muito difícil vir lhes contar minhas experiências não tão boas assim, ainda mais quando se trata de um livro que está tão em alta nas redes sociais, mas, meu papel como resenhista, é lhes passar meus mais sinceros sentimentos, então lá vai!

Amo quando leio livros que me deixam com essas sensações, e infelizmente esse não foi um deles. Não é ruim, mas não me senti completa ao lê-lo.

Como disse lá em cima, as sensações que a escrita da autora transmite são muito reais, mas não me tocaram como pensei que tocaria. Não derramei uma só lágrima, o que é extremamente fácil, levando em conta que sou uma manteiga derretida.

Para mim, faltou tocar o meu coração, mas não deixa de ser um romance bem bom para se ler.

Se você que está lendo esse post já o leu, vem conversar comigo aqui nos comentários pra gente falar sobre isso.

Espero que gostem.

Beijos,
Carol.

 
 


Só Você - Manu Rolim

Livro: Só você - Só você # 1
Autora: Manu Rolim